Exposição no Museu Histórico, em Florianópolis conta a história de 100 anos da moda em Santa Catarina

Mostra abre nesta quinta-feira (5) e segue até o dia 29 de setembro.

serão apresentados trajes que permeiam todas as décadas do século passado, resgatando o trabalho de profissionais anônimos ou não que, numa época de poucos recursos. Foto: banco de imagem. Foto: banco de imagens

O Museu Histórico de Santa Catarina, em Florianópolis, recebe a exposição ‘A moda sai de moda, o estilo jamais!’ a partir desta quinta-feira (5). A mostra vai contar a história de 100 anos da moda em Santa Catarina.

A exposição é organizada pelo projeto Modateca do Centro de Artes (Ceart) da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc). O público poderá conferir roupas, fotos e objetos que desvendam um pouco do universo da moda no século XX no estado.

Exposição vai revisitar 100 anos de moda em Santa Catarina — Foto: Divulgação

Com curadoria do professor e doutor José Alfredo Beirão Filho, coordenador do projeto Modateca, serão apresentados trajes que permeiam todas as décadas do século passado, resgatando o trabalho de profissionais anônimos ou não que, numa época de poucos recursos, elaboraram soluções para atender suas clientes e realizar desejos criados por revistas da época, estrelas do rádio e do cinema.

Serviço:

O quê: Exposição ‘A moda sai de moda, o estilo jamais! – 100 Anos de Moda em Santa Catarina’
Abertura: 5 de setembro de 2019, às 19h
Visitação: até 29 de setembro. De terça a sexta-feira, das 10h às 18h; sábados e domingos, das 10h às 16h.
Onde: Museu Histórico de Santa Catarina – Localizado no Palácio Cruz e Sousa, Centro de Florianópolis
Ingresso: R$ 5 inteira; R$ 2 meia-entrada mediante comprovação, para estudantes; menores de 18 anos; doadores de sangue registrados em hemocentros de Santa Catarina; professores exercendo docência nos níveis infantil, fundamental e médio. Entrada gratuita, mediante comprovação, para professores acompanhando a turma; crianças com idade inferior a 5 anos; pessoas com deficiência; maiores de 60 anos; guias de turismo. Aos domingos, a entrada é gratuita para todos.