Crescimento mensal no uso de patinetes e bicicletas alugadas em Florianópolis, aponta estudo

Cada veículo é usado, em média, 30 mil quilômetros por mês. Empresa fornecedora dos patinetes e bicicletas recomenda capacete e uso por pessoas com idade mínima de 18 anos.

Patinetes alugados em Florianópolis — Foto: PMF/Divulgação

A empresa que fornece os patinetes e as bicicletas que podem ser alugados em Florianópolis divulgou um estudo sobre o uso dos veículos, entregue para a prefeitura nesta quinta-feira (5). Segundo o documento, cada um dos equipamentos é usado por cerca de 30 mil quilômetros por mês.

O estudo abrange o período de dezembro de 2018, quando a empresa começou a operação na capital, até agosto deste ano. Os lugares onde as pessoas mais usam esses veículos são a Avenida Beira-mar Norte e os bairros Santa Mônica e Agronômica.

Patinetes

O levantamento mostrou que, desde o início da operação, o uso dos patinetes cresce 12% a cada mês. A utilização é mais comum aos sábados e domingos, com picos às 10h e às 15h.

Durante a semana, os usuários rodam, em média, um quilômetro de patinete. Nos fins de semana, esse indicador sobe para 1,39 quilômetros. A velocidade média é de 5,5 km/h.

Bicicletas

Segundo a empresa, a utilização das bicicletas cresceu 17% ao mês. Os locais onde as pessoas mais pedalam com esses veículos são a Avenida Beira-mar Norte e o bairro Itacorubi.

Nos sábados e domingos, os usuários trafegam, em média, 3,6 quilômetros por 26 minutos. Nos dias úteis, esses números caem para 2,9 quilômetros em 21 minutos. A velocidade média é de 8,3 km/h.

Mobilidade

O balanço ainda traz sugestões para a prefeitura tentar melhorar a mobilidade, como mais ciclofaixas. Outra ideia é a criação de áreas calmas, com velocidade máxima de 40km/h.

A prefeitura informou em nota que a criação de mais ciclovias, ciclofaixas e ciclorrotas está prevista no Plano de Mobilidade lançado esta semana. Disse que atualmente há 80 quilômetros dessas faixas e que vão ser implantados mais 70 quilômetros.

Foto: MárcioC.

Regulamentação

Uma questão pendente é que ainda não existe uma lei para regulamentar o uso de patinetes em Florianópolis. A prefeitura publicou um decreto, mas ele não especifica, por exemplo, se o usuário precisa usar capacete ou se é permitido ou não trafegar em rodovias.

O Código de Trânsito Brasileiro não prevê regras para o uso de patinetes. O que existe atualmente são resoluções do Conselho Nacional de Trânsito, que inclusive são citadas no decreto da prefeitura. Essas resoluções proíbem a circulação com patinete em ruas ou estradas. Ao mesmo tempo, não obrigam o uso de capacete.

Hoje, a fiscalização dos patinetes, segundo o decreto da prefeitura, cabe à Guarda Municipal de Trânsito. Ainda tramita na Câmara de Vereadores um projeto de lei que regulamente o uso na capital, mas a proposta ainda não foi aprovada.

Em Santa Catarina, Balneário Camboriú, no Litoral Norte, publicou um decreto para regulamentar o uso desses veículos.

Recomendações

A empresa que fornece os veículos recomenda que os usuários:

  • planeje o caminho antes de sair
  • use capacete
  • não trafegue com mais de uma pessoa
  • a idade mínima para a locação dos veículos é de 18 anos
  • dê preferência ao pedestre
  • não use celular ou fone de ouvido enquanto conduz o veículo
  • respeite os semáforos e as sinalizações de trânsito
  • na conduza os veículos depois de beber
  • segure o guidão com as duas mãos
  • esteja atento a irregularidades nas vias, como buracos e galhos e árvores